ads

Slider[Style1]

Style6

Style3[OneLeft]

Style3[OneRight]

Style5[ImagesOnly]



Como preliminar das 500 Milhas de Londrina, categoria foi sensação no norte paranaense com ótimas disputas durante toda a prova.

A Fórmula 1600 viajou para Londrina para fazer parte da festa dos 25 anos das 500 Milhas de Londrina realizada nesse sábado (26), e fez o que melhor sabe fazer: deu show de disputas, ultrapassagens e até uma capotagem (sem problema para piloto, claro) para levantar o público presente.

Na sexta-feira (25), pole position do jovem André Jr. (Juka Motors), com o tempo de 1min27s594; vale lembrar que essa é a segunda pole position do piloto na Copa do Brasil de Fórmula 1600 – a primeira foi no Velocittà.

Batalha ferrenha pela vitória desde a largada durante a primeira corrida, com destaques para André, Emilio Padron (Della Barba Racing), Luan Giraldi (Serra Negra Racing Team) e Edu Dias (San Race); os quatro pilotos trocavam constantemente de posição, não parecendo se importarem com o forte calor que fazia em Londrina durante a prova; no final da corrida, Moraes Jr. e Dias se tocaram, com o segundo levando a pior e rodando, conseguindo retornar à pista.

A direção de prova julgou a manobra do jovem piloto e decidiu puni-lo com acréscimo de 20s em seu tempo de prova, tirando assim a segunda colocação de André e o empurrando para a 7ª posição no geral. A vitória ficou com Emilio Padron, seguido por Luan e Dias. Na Light, Marcelo Casellato (Yastaro Motorsport) ficou com a vitória, seguido por André e Jayme Barbarise (Juka Motors).

A segunda corrida aconteceu também sob sol forte e muito calor, mas novamente os pilotos da Fórmula 1600 pareciam não se importar e devem novo show na pista. Dessa vez um novo velho conhecido resolveu se juntar para brigar pela vitória: Daniel Ebel (Thomaz Racing) mostra disposição e andava junto com os líderes na prova.

Na metade da corrida, novo toque agora entre André e Padron ocasionou um dos momentos mais assustadores e ao mesmo tempo incrível da prova: Padron capotou seu fórmula na curva que antecede a entrada dos boxes e caiu com as rodas no show, conseguindo levar seu carro sozinho para os boxes e nada sofrendo além de um susto.

A direção compreendeu esse choque como coisa de corrida e não deu punição alguma para nenhum piloto, e sendo assim Moras Jr. que caia para a terceira colocação retornava à disputa da prova, caçando Ebel e Dias. Na bandeira quadriculada, vitória de André Moraes Jr. na geral e na sua categoria Light, enquanto Ebel retorna ao degrau mais alto do pódio na categoria principal.

Restando apenas a etapa de Interlagos da Copa do Brasil de Fórmula 1600, Edu Dias mantém a liderança, seguido por Emilio Padron e Luan Giraldi (os únicos que ainda podem conquistar o título). Na Light apenas André Moraes Jr. (líder) e Marcelo Casellato estão na luta pelo título da Copa.


Confira o resultado da 1ª etapa da prova realizada em Londrina:

1) Emilio Padron (Della Barba) – 16 voltas
2) Luan Giraldi (Serra Negra Racing Team), à 3s796
3) Eduardo Dias (San Race), à 7s812
4) Marcos Pimentel (Thomaz Racing) à 16s816
5) Marcelo Casellato (Yastaro Motorsport) – Light – à 17s420
6) Alexandre Bonilha (Thomaz Racing), à 23s568
7) André Moraes Jr. (Juka Motors) – Light – à 23s796
8) Glaucio Doreto (Luizão Racing), à 26s328
9) Daniel Ebel (Thomaz Racing), à 37s332
10) Jayme Barbarise (Juka Motors) – Light – à 44s441
11) Fernando Ohashi (Della Barba) – Light – à 51s579

Não completaram:

Alvaro Paes (San Racing) – Light

Confira o resultado da 2ª etapa da prova realizada em Londrina:

1) André Moraes Jr. (Juka Motors) – Light – 16 voltas
2) Daniel Ebel (Thomaz Racing), à 1s818
3) Eduardo Dias (San Race), à 2s040
4) Luan Giraldi (Serra Negra Racing Team), à 3s776
5) Marcelo Casellato (Yastaro Motorsport) – Light – à 4s740
6) Fernando Fortes (Della Barba) – Light – à 6s440
7) Marcos Pimentel (Thomaz Racing), à 27s801
8) Alexandre Bonilha (Thomaz Racing), à 28s714

Não completaram

Glaucio Doreto (Luizaão Racing)
Alvaro Paes (San Race) – Light
Jayme Barbarise (JUka Motors) – Light
Emilio Padron (Della Barba Racing)


Confira a classificação da Copa do Brasil de F1600:

F1600
1) Edu Dias (San Race), 90 pontos
2) Emilio Padron (Della Barba Racing), 63
3) Luan Giraldi (Serra Negra Racing Team), 50
4) Daniel Ebel / Antonio Marcondes (Thomaz Racing), 44
5) Marcos Pimentel (Thomaz Racing), 38
6) Sandro Freitas (San Race), 30
7) Bruno Leme / Rubens Filho, 22
8) Alexandre Bonilha (Thomaz Racing), 16
9) Juka Gandelin (Juka Motors), 12
10) Glaucio Doretto (Luizão Racing), 12

F1600 Light
1) André Moraes Jr. (Juka Motors), 123 pontos
2) Marcelo Casellato (Yastaro Racing), 95
3) Jayme Barbarise (Juka Motors), 38
4) Alvaro Paes (San Race), 34
5) Claudio Daniel Rodrigues Filho (Thomaz Racing), 22
6) Fernando Ohashi / Fernando Fortes (Della Barba Racing), 22
7) Dudu Peirão (Peirão RaceCarEngieneering), 19
8) Mauricio Lued (San Race), 16
9) Pedro Serrano (Della Barba Racing), 16
10) José Gabizo (San Race), 12
11) Emmanuel Jaspone Jr. (Reval Goodie), 9
12) Rafael Seibel (RS Racing), 8
13) Marcos Leão (San Race), 0

Saiba mais sobre a Copa do Brasil de F1600:

Depois do grande sucesso da Fórmula 1600 durante o Campeonato Paulista realizado em Interlagos, onde foi convidada como preliminar da Fórmula Truck, além de bater o recorde latino-americano de grid alinhando 32 carros, a categoria anuncia a edição 2016 da Copa do Brasil.

Com o fechamento do Autódromo de Interlagos visando a preparação para o GP Brasil de Fórmula 1, a Fórmula 1600 dá uma pausa no Campeonato Paulista (que retorna em dezembro) e inicia um novo torneio com a primeira etapa sendo realizada em Mogi-Guaçu, no moderno Autódromo Velo Città como preliminar dos 500km de São Paulo.

Em outubro desembarca em Piracicaba, cidade do interior paulista no Autódromo ECPA e em novembro a categoria viaja até a cidade paranaense de Londrina para fazer parte da 25ª edição das 500 Milhas de Londrina, uma das mais importantes provas de endurance do Brasil.

A Copa do Brasil chegará ao seu final com rodada dupla quando a categoria retornará à Interlagos (SP) nos dias 17 e 18 de dezembro.

“Será uma ótima oportunidade de manter os pilotos e equipes em atividade, além de uma excelente apresentação da categoria em diferentes praças”, comentou Silvio Novembro da empresa ASCOT, responsável pela organização da Copa do Brasil.
Sobre a Fórmula 1600:

Maior categoria de monoposto da América Latina, a Fórmula 1600 é recordista em grid, alinhando 32 carros na etapa de julho de 2016, quando foi convidada pela Fórmula Truck para ser a categoria preliminar durante a etapa paulista.

Acessível, a categoria proporciona oportunidade de aprendizado e oferece a seus participantes a emoção de guiar um carro de fórmula a mais de 200km/h. A diversidade do seu grid vai de jovens promissores pilotos aos profissionais liberais que se unem para o fortalecimento da categoria e a realização de sonhos oferecendo ao público incríveis disputas e chegadas de tirar o fôlego.

Ficha técnica:

Chassi: F1600 Mangusto R-5
Motor: Ford Zetec Rocam 1600cc – 8V
Potência: 122hp
Velocidade Máxima: 204 km/h (em Interlagos)
Pneus: Momo 195/R15 (radial)
Rodas: Scorro S 237


A F1600 tem patrocínio de STP Lubrificantes e conta com o apoio da Ford Performance, Pneus Momo, Revista Racing, FuelTech, Crestana Peças Automotivas, Rodas Scorro e Lotse Volantes.

F1600 - Automobilismo ao seu alcance: Para maiores informações acesse: www.f1600.com.br ou através do Facebook (www.facebook.com/f1600BR).

Sobre Vitor Garcia

Categoria de automobilismo F1600 Brasil no Autódromo de Interlagos em São Paulo. Corridas emocionantes e chegadas espetaculares em carros de Fórmula!
«
Próxima
Essa é a notícia mais recente.
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Comente essa notícia