Slider[Style1]

Style6

Style3[OneLeft]

Style5[ImagesOnly]



Na abertura da Copa do Brasil de Fórmula 1600, jovem de 21 anos conquista a pole e vence em corrida emocionante no autódromo paranaense.

A Fórmula 1600 desembarcou no Autódromo Ayrton Senna em Londrina (PR) no último sábado (18/04) para a primeira etapa da Copa do Brasil, campeonato que acontece em pistas espalhadas pelo Brasil enquanto o Autódromo de Interlagos (SP) permanece fechado para as reformas visando a F1.

Todos os treinos livres de sexta-feira e sábado, além do classificatório aconteceram com pista seca, e os piloto Daniel Ebel (Thomaz Racing), Thiago Felippe (Thomaz Racing) e Gabriel Lusquiños (Juka Motors) mostraram uma rápida adaptação à pista paranaense sendo os únicos a virarem na casa de 1min34s.

Com problemas de motor do seu carro n° 32, Ebel mostrava-se fora da disputa pela pole position; Felippe mostrando-se sempre muito rápido e constante com o novo carro da Fórmula 1600 com o motor Ford Zetec Rocam travava uma briga com o novato Lusquiños que fazia sua primeira corrida com o atual carro da categoria.

No final, pole para o jovem piloto de 21 anos da Juka Racing com o tempo de 1min34s310, superando por apenas 0s081 Felippe; a terceira colocação ficou com Glaucio Doreto (Thomaz Racing), seguido por Alexandre Bonilha (Thomaz Racing) e Edu Dias (San Race) que estreava uma nova carenagem da tampa traseira do seu carro, fechando o TOP5.

Na corrida mais um desafio para os pilotos: a chuva. Como medida de segurança a direção de prova deu a largada com o Safety Car na pista para que os pilotos se acostumassem com o piso molhada, dando bandeira vermelha e assim iniciando um novo procedimento de largada, agora sem o carro de segurança à frente.

Com pista molhada, sofrimento para os pilotos e alegria para o público presente no Autódromo de Londrina, com a garantia de ainda mais emoção na pista: a largada é dada e os mais rápidos do final de semana, Lusquiños e Felippe mostraram que suas máquinas também estavam bem acertadas para o piso molhado, disparando à frente, porém um problema na embreagem colocou o pole position na terceira colocação.

Com a liderança de Thiago Felippe, Gabriel já ganhava uma posição na primeira curva e forçava para se aproximar do líder, mas rodaria caindo para a última colocação. Com um bom acerto na pista molhada o jovem piloto começou a galgar posições em busca do pelotão da frente, até recuperar a liderança.

Com a pista secando e o trilho sendo formado, a liderança de Lusquiños mostrava-se ameaçada com a chegada de Edu Dias que já era o segundo colocado e Thiago Felippe. Tentando se aproximar do líder e forçando ainda com pontos de água na pista, Dias acabou rodando na reta dos boxes caindo para a 4ª colocação.

Gabriel mantinha a liderança nas pontas dos dedos e acompanhava a chegada de Felippe pelo espelho retrovisor: “Mesmo com a pista secando, mantinha o traçado e a precaução da pista molhada, pois já tinha comedido um erro no início da prova e não queria fazer novamente”, comentou Lusquiños.

No final da prova, vitória de Gabriel Lusquiños com Thiago Felippe apenas 0s526 atrás, seguido por Doretto que assim como Dias (quarto colocado) também completou um giro de 360° na reta dos boxes, fazendo o público que acompanhava a prova do muro delirar e levantando a todos com as ótimas disputas na pista.

Mostrando boa adaptação ao novo carro e a pista, Bonilha foi o 5º colocado e Marcos Pimentel (Thomaz Racing) que fez uma corrida de recuperação após sofrer um acidente no último treino livre fechou o pódio com o 6º lugar.

Criada como opção entre diferentes gerações de pilotos, a Fórmula 1600 vem cumprindo seu objetivo com jovens pilotos sendo revelados e travando ótimas disputas com pilotos experientes. Gabriel Lusquiños venceu com louvor a primeira etapa da Copa do Brasil realizada em Londrina e teve ainda como momento de grande emoção a entrega do troféu da vitória pelo pai do piloto.

Colocados à prova, os novos motores Ford Zetec Rocam, além das modificações nos carros para a temporada 2015 mostraram-se acertados e de sucesso, pois nenhum dos carros presentes apresentou problemas sérios e “gritou” bonito nas longas retas da pista de Londrina.

Confira o resultado final da 1ª etapa da Copa do Brasil de F1600 realizada em Londrina (PR):

1) #22 – Gabriel Lusquiños – 32min03s800
2) #88 – Thiago Felippe – à 0s526
3) #89 – Glaucio Doretto – à 16s828
4) #08 – Edu Dias – à 22s814
5) #70 – Alexandre Bonilha – à 52s214
6) #33 – Marcos Pimentel – à 54s265
7) #32 – Daniel Ebel – à 1 volta
8) #18 – Rodrigo Santos – à 1 volta

Não completaram:
#99 – Marcio Battistin
#05 – Henrique Santos

Melhor volta:
Thiago Felippe – Thomaz Racing (1min42s900), na 18ª volta

A F1600 conta com o apoio da STP, FuelTech, Metal Horse, Lotse, MOTUL, Crestana e Alpie Escola de Pilotagem.

F1600 - Automobilismo ao seu alcance: Para maiores informações acesse: www.f1600.com.br ou através do Facebook (www.facebook.com/f1600BR).

Sobre Vitor Garcia

Categoria de automobilismo F1600 Brasil no Autódromo de Interlagos em São Paulo. Corridas emocionantes e chegadas espetaculares em carros de Fórmula!
«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga